1000 aplicações e usos de SIG que estão mudando o mundo

O site Gisgeography elaborou uma lista com 1000 aplicações em mais de 50 diferentes indústrias para mostrar como o sistema de informações geográficas (SIG) está mudando o mundo.

Fiquem atentos à retomada do código da mineração

A discussão do novo Código de Mineração já se arrasta no Congresso há cinco anos e meio. É muito tempo.

Sobre a venda do bloco BM-S-8 da Petrobras para a Statoil

O Prof. Cleveland M Jones (UERJ), pesquisador do INOG Instituto Nacional de Óleo e Gás, compartilhou seus comentários sobre a venda do bloco BM-S-8 (Carcará) pela Petrobras para a Statoil.

Pré-sal, sonhos e realidades

O que a experiência mostra é que a produção de qualquer recurso mineral começa lentamente e vai crescendo até atingir um pico após o que começa a declinar. Isto acontece ou porque o recurso mineral se esgota ou porque o custo de produzi-lo aumenta muito.

Arábia Saudita muda a geopolítica do petróleo

As mudanças anunciadas alteram as relações com a OPEP, de forma que os países integrantes buscarão maximizar suas quotas no mercado, reduzindo a importância de administrar a produção para influir nos preços de mercado. (Artigo do Prof. José Sergio Gabrielli de Azevedo, Brasil Debate)

O mais surpreendente dos terremotos chineses

Por serem imprevisíveis, os terremotos surpreendem, alguns mais do que outros. Eis a história de um deles ocorrido há exatamente 40 anos, na região nordeste da China.

O uso de drones e vants como tecnologia de apoio à perícia

O artigo de Nilton do Nascimento Braga sumariza a legislação relacionada a VANT´s no Brasil, apresenta os conceitos e definições utilizadas, assim como demostra os diversos usos do VANT principalmente as possíveis aplicações deste na perícia ambiental.

Você sabe como funciona a mineração no Brasil hoje?

O procurador da República Eduardo Henrique de Almeida Aguiar, membro da Força Tarefa Rio Doce, levantou 13 tópicos que você precisa conhecer para entender e discutir melhor o tema.

Terremotos azuis

Terremotos não têm cores, mas a intenção do título é iluminar os sismos que acontecem no mar brasileiro, que não são raros nem desimportantes. Entre dezenas de abalos pequenos, também aparecem tremores com magnitudes expressivas, mostrando que muitos dos maiores sismos brasileiros aconteceram no mar.

On how to steer the seismic facies classification to your advantage!

The large number of different partitioning algorithms - each of which partitions the seismic trace shapes according to their optimization criterion - determines the quality of the resulting seismic facies groups.The subjectivity surrounding the selection of the number of seismic facies groups used for partitioning the seismic data.

Sísmica multifrequência para investigar ambientes submersos rasos

Sísmica multifrequencial: a melhor solução para a investigação de ambientes submersos rasos. Este é o título do artigo do Prof. L. A. Pereira de Souza (LAPS), do IPT, publicado pelo Laboratório Nacional de Geologia e Energia IP (LNEG), na revista Comunicações Geológicas (2014) 101, Especial II, 701-705.

Poli-USP propõe tecnologias sustentáveis para mineração de ferro

Ações constam de documento enviado para a Força Tarefa do governo de Minas Gerais, para tratar do problema decorrente do rompimento da barragem em Mariana

O novo mundo do petróleo

Na discussão sobre o petróleo, os especialistas em geopolítica vão ser substituídos por engenheiros e economistas que percebam a tecnologia do xisto

Frank o caçador de meteoritos

Nestas  últimas décadas, Frank Guardia embarcou em uma viagem solo, na busca de dados que possam  comprovar a sua grande convicção: muito do que se vê e se propaga da geologia  nada mais é do que o efeito direto dos impactos de meteoritos.

Agora que decapitaram o Cunha será que vão aprovar o malfadado código mineral?

Você geólogo, minerador...ainda lembra do tal do “Novo” Marco Regulatório da Mineração? Aquele golpe proposto pelo ex-ministro Lobão (acusado de quadrilheiro e de corrupto) que visava a criação do maior propinoduto do Brasil.

Dois Carlos, histórias e terremotos

Em qualquer dos cantos da Terra é possível encontrar pessoas que já ouviram falar de nossos personagens. Nenhuma surpresa, pois em seus campos de atuação tornaram-se referências na História Universal. No título deste artigo eles são chamados de Carlos, a forma aportuguesada do inglês Charles.

Como escrever um ótimo resumo para o congresso [Dicas]

Estamos na reta final do prazo para submeter o resumo para o Congresso Brasileiro de Geologia. E, pensando nisso, separei algumas dicas para facilitar a sua escrita.

Delação mostra ex-ministro como captador de propina do PMDB

Já não é de hoje que o nome de Edison Lobão (PMDB/MA) vem sendo citado em várias delações premiadas e escândalos policiais.

Possíveis fontes de contaminação do Aquífero Parecis

'Superfície potenciométrica e possíveis fontes de contaminação do Aquífero Parecis, no município de Vilhena (RO)' é o título da monografia publicada pela Revista Monografias Ambientais - REMOA, do Centro de Ciências Naturais e Exatas - UFSM, Santa Maria.

A montanha russa do preço do petróleo

A liberação da Petrobras de ser a operadora e de participar com 30% do capital não é suficiente. Precisamos de licitações no Polígono do Pré-Sal. (Artigo de Hernani Chaves e Cleveland Jones).

É ouro ou não é?

Nunca acreditei que o material mostrado na foto e vendido como ouro, nessas garrafinhas com um líquido incolor, fosse mesmo ouro. Este metal tem uma densidade enorme e não flutuaria como se vê, no líquido do vidrinho. (Por Percio M. Branco, Geólogo)

Coragem para evitar o fim

Petrobras está umbilicalmente ligada ao risco soberano do país em consequência da função que desempenha na economia do Brasil

O desafio da CBPM é revelar as reservas minerais da Bahia

O ano de 2015 foi desafiador para mineração, tanto no Brasil, como nos países produtores e exportadores das commodities metálicas, basicamente pela redução da importação dos países dependentes, mormente a China, o que aviltou os preços no mercado internacional. (Por Hari Alexandre Brust)

Luxemburgo entra na “corrida do ouro” espacial

Em 3 de fevereiro, o governo luxemburguês anunciou: o país assume posição pioneira (na Europa) “no negócio potencialmente lucrativo” de extrair em corpos celestes metais preciosos – como ouro, platina e tungstênio – e trazê-los para vender aqui no mercado terrestre.

Efeitos perversos da mineração

A economia das regiões mineradoras no Brasil nunca se diversificou substancialmente para além da atividade extrativa.  Minas Gerais, Goiás, Maranhão e Pará têm em comum a herança de velhos problemas causados por mineradoras de grande porte.