Após o "shale"

Há uma certa euforia sobre a produção de hidrocarbonetos nos EUA, a partir do chamado "shale" (gás de xisto, gás natural que pode ser encontrado preso dentro de formações de xisto argiloso.

O desafio do petróleo

O Brasil deve se tornar o 6.º maior produtor mundial de petróleo até 2035, aponta projeção da Agência Internacional de Energia (AIE) divulgada na terça-feira (12).

Pelotas: província de hidrocarbonetos intocada

Potencial para grandes plays de óleo está direcionando a atenção das companhias de E&P para a Bacia de Pelotas, afirmam executivos da Spectrum ASA.

Geologia e potencial mineral do Brasil

Baixos investimentos em exploração mineral e infraestrutura precária explicam, em parte, a defasagem do Brasil em relação a Austrália e Canadá. O limitado conhecimento geológico do país esclarece outra parte.

Para entender o leilão de Libra

"Disputa pelo lucro do pré-sal e a suspensão da licitação de Libra": Este é o título do trabalho assinado pelo consultor legislativo Paulo César Ribeiro Lima, da de Recursos Minerais, Hídricos e Energéticos, cujo objetivo é analisar como o Excedente em Óleo resultante da exploração de Libra será dividido entre a União e o Contratado.

O terremoto que veio do céu

Com este título provocativo o Prof. Alberto Veloso reconstruiu uma curiosa história do final do século 19 revelando a origem incomum de um tremor de terra brasileiro, em artigo publicado no último número da RevistaUSP 98, julho/agosto 2013.

Estamos preparados para o pré-sal e o gás de xisto?

Em artigo publicado no Estadão, o jornalista Washington Novaes reforça o alerta da SBPC sobre os riscos da exploração do gás xisto

Exploração e Produção - 15 Anos de Abertura

Em artigo para a revista Interesse Nacional, o geólogo Álvaro A. Teixeira, descreve a abertura da exploração petroleira no país, há 15 anos, depois de quase meio século de monopólio estatal, abordando os fatos políticos mais importantes que marcaram a abertura da exploração de petróleo no país e a sua consolidação.

Carajás é da China

A nova frente de produção que a Vale está abrindo em Carajás, no Pará, é superlativa. Trata-se do maior investimento da mineradora em toda a sua história de 70 anos. Ao ritmo previsto, a jazida terá 40 anos de vida útil. Ao fim desse período, a maior mina de ferro do planeta será só lembrança – amarga e frustrante, por certo –, para os nativos. 

A grande farsa do gás de xisto

Energia barata versus poluição prolongada: nos EUA, o dilema da exploração de gás e petróleo de xisto não atormentou industriais nem o poder público.  Artigo do cientista político Nafeez Mosaddeq Ahmed publicado pelo Le Monde Diplomatique - Brasil.

Equívocos, omissões e obscuridades do Marco Regulatório Mineral

Equívocos, omissões e obscuridades do Marco Regulatório Mineral

Artigo de Rafael Brant e Jessica Bogossian, publicado no Portal do Geólogo, analisa o Projeto de Lei Nº 5.807, de 2013 (do Poder Executivo), o chamado Marco Regulatório da Mineração, que dispõe sobre a atividade de mineração, cria o Conselho Nacional de Política Mineral e a Agência Nacional de Mineração - ANM, e dá outras providências.

O Brasil como prioridade: ontem, hoje e sempre

O Brasil como prioridade: ontem, hoje e sempre

Ao longo dos últimos meses, decidi que não me pronunciaria sobre a avalanche que se abateu sobre minha vida privada e principalmente sobre meus negócios. Mudei de ideia nos últimos dias diante da grande insistência de amigos próximos e alguns de meus executivos. (Artigo de Eike Batista, nO Globo)

Potencialidades da mineração no Brasil (parte II)

Potencialidades da mineração no Brasil (parte II)

Agrominerais, fosfato, potássio, nióbio, terras raras, níquel, bauxita, cobre, zinco, rochas ornamentais, gemas e diamante, água mineral, agregados/argila, calcário, grafite, xisto, nada escapa ao olhar de Mathias Heider – Engenheiro de minas do DNPM, em artigo publicado na revista In The Mine.

Novo marco: retrocesso para a mineração

Novo marco: retrocesso para a mineração

Dificilmente um instrumento de política pode ser tão contraditório com os seus próprios objetivos como o novo marco regulatório da mineração, cujo projeto de lei foi remetido pela presidente Dilma Rousseff ao Congresso Nacional no dia 18 de junho último, sob regime de urgência constitucional. Artigo do geólogo Paulo Souto, ex-governador da Bahia, publicado no Jornal A Tarde.

Royalties da mineração e municípios mineradores

Royalties da mineração e municípios mineradores

Entre os 5.565 municípios brasileiros, aproximadamente 2 mil desenvolvem atividades econômicas relacionadas com a mineração. Alguns como Parauapebas (PA) e Itabira (MG) são
basicamente mineradores. Artigo de Anderson Cabido no Valor Econômico

Geólogo ou Geofísico - Qual o melhor intérprete ???

Geólogo ou Geofísico - Qual o melhor intérprete ???

Normalmente a Interpretação sísmica é realizada por profissionais com formação em geofísica (graduados, com pós-graduação ou cursos complementares em geofísica), mas é cada dia maior o número de geólogos que tambem atuam na área da interpretação sísmica.

A importância do Mioceno nos dias de hoje

A importância do Mioceno nos dias de hoje

O Mioceno (...) é o intervalo [geológico] durante o qual o mundo começou a assumir grande parte da configuração dos continentes e a topografia que se observam nos dias de hoje.

Exploração política de Libra

Exploração política de Libra

Os novos dados geológicos sugerem que a área de Libra, no pré-sal da Bacia de Santos, pode ter reservas de 8 bilhões a 12 bilhões de barris de petróleo recuperáveis, que equivalem a dois terços de todas as reservas provadas do País. Duas decisões indicam que o governo não resistiu a usar esses dados com objetivos político- eleitorais.

Terremoto sacode terras fascinantes

Terremoto sacode terras fascinantes

No ultimo 24 de maio um forte terremoto de magnitude 8.3 balançou a península Kamchatka, uma vasta e pouco conhecida região situada no oriente da Rússia. O tremor a 600 km de profundidade, sob o mar de Okhotsk, resultou da lenta movimentação – cerca de 80 mm/ano - das placas Americana e Eurasiana abaixo da placa do Pacífico.

Perspectivas do fundo do poço

Perspectivas do fundo do poço

"Perspectivas do fundo do poço: qual será o futuro dos institutos de pesquisa do MCTI?" Este é o título do artigo escrito por Gilberto Câmara, ex-diretor do INPE , onde faz um alerta: "Ou todos os institutos do MCTI se transformam em organizações sociais (OS), ou irão para o caminho do esquecimento e da irrelevância".

Tempo perdido

Tempo perdido

A ANP anunciou que 64 empresas das 71 inscritas estão habilitadas para a 11.ª rodada de licitações de blocos, em maio. Esse recorde de empresas habilitadas é um sinal de como perdemos investimentos, deixamos de gerar empregos e de estimular a indústria local nos últimos cinco anos, desde o último leilão. (Artigo de Adriano Pires, no O Estado de S. Paulo de 25/04/2013)

“Shale gas” - Estados Unidos dão a volta por cima

“Shale gas” - Estados Unidos dão a volta por cima

Duas tecnologias novas desenvolvidas recentemente nos Estados Unidos estão revertendo todos os prognósticos de rápida alteração no equilíbrio de forças econômico do planeta e podem afetar seriamente o sonho brasileiro de achar um corte de caminho para o clube dos grandes do mundo.

Uma rodada para todos e com muitas oportunidades

Uma rodada para todos e com muitas oportunidades

Em artigo exclusivo, o geólogo Pedro Zalán analisa o Seminário Técnico Ambiental da 11ª Rodada de Licitações de Petróleo e Gás apresentado pela ANP em 18/3. Zalán tenta demonstrar que há oportunidades ótimas para todos os tipos e tamanhos de companhias petrolíferas na Rodada prevista para 14 e 15 de maio.

O Brasil e o petróleo das mulheres

Magda Chambriard: O Brasil e o petróleo das mulheres

Hoje temos, no Brasil, muitas mulheres desempenhando papéis de valor inestimável para a sociedade. Elas são presidenta da República, governadoras, senadoras, deputadas, dirigentes de entidades públicas e privadas, dentre outras coisas. Elas são o símbolo de uma mudança cultural em curso. Muito já foi conseguido, mas ainda há muito a galgar.

Governança Corporativa - Statoil x Petrobras

Governança Corporativa - Statoil x Petrobras

No primeiro link está a entrevista de Helge Lund, presidente da Statoil, publicada nas páginas amarelas da revista Veja do fim-de-semana. No segundo, o artigo que Wagner Freire (ex-diretor de E&P da Petrobras) escreveu para a Revista  Brasil Energia, de fevereiro.