Euforia, desânimo e esperança em solo potiguar

No final dos anos 1960 já estava provado que existia petróleo no oeste potiguar e na região costeira norte do Estado. Entretanto havia um problema: a produtividade dos poços era pequena, o que indicava perspectivas antieconômicas. (Artigo de Tomislav R. Femenick para a Tribuna do Norte)

Uma história do petróleo potiguar

 

O exercício da memória me leva ao tempo em que eu morava em Mossoró e era correspondente dos jornais.... (Artigo de Tomislav R. Femenick especial para a Tribuna do Norte.)

Por um meio ambiente inteiro

A geodiversidade como novo caminho para uma Educação Ambiental completa. (Artigo de Marcos Antonio Leite do Nascimento, para a Revista Geografia, por ocasião do Dia da Terra.)

Flexibilização do monopólio do Urânio

Como detentor da sétima maior reserva de urânio do mundo, o Brasil não explora este potencial, enquanto países como Canadá, Austrália, Nigéria, Cazaquistão, Rússia e Namíbia respondem por 85% da produção global.

Água em estado crítico

 Há grande diferença entre a situação hídrica de paulistas e fluminenses: São Paulo dispõe de alternativas, e o Rio de Janeiro só tem o Paraíba do Sul. Artigo de Marilene Ramos publicado em O Globo.

Tempo bom

 Não podemos mais dizer que não sabíamos que combustíveis fósseis e desflorestamento reforçam a ocorrência de eventos climáticos extremos. Artigo de Paulo Nobre e Marcelo Seluchi publicado na Folha de São Paulo.

Petrobrás, go away!

O mês de março, em São Sebastião (SP), ficará marcado como o mês em que o prefeito declarou que seria um favor à cidade se a Petrobrás fosse embora. A ira do prefeito se deve ao fato da cidade não estar recebendo royalties, 

A nova face do mercado para as junior companies

O geólogo e advogado Luís Azevedo esteve no PDAC, um dos principais eventos mundiais que reúne investidores e prospectores, e comprovou que os financiadores de projetos de pesquisa e mineração estão muito mais exigentes e querem resultados.

A educação ou a Petrobrás?

Artigo de Antônio Cabrera publicado no Estado de S.Paulo. "Se a Petrobrás é eficiente, ela não precisa ser estatal. Se não é eficiente, ela não merece ser estatal."

A gigante extenuada

É como se a Petrobras fosse uma superatleta tendo que enfrentar várias maratonas, mas obrigada a correr com uma mochila carregada de pedras às costas. (Artigo de Jorge M. T. Camargo, em O Globo de 08/02/2014)

Alguma coisa está fora da ordem

O aquecimento global representa enorme desafio para a humanidade. (Artigo de Gervásio Paulus)

O ranking das universidades

Editorial do Estadão sobre o levantamento da Times Higher Education

O estupro da terra

Correu o mundo a famosa foto da água saindo da torneira e pegando fogo. O fato ocorreu na pequena cidade de Dimock, na Pensilvânia, nos EUA. O fogo se deve à presença de metano, liberado pela exploração de gás de xisto nas redondezas.

É tempo de religar os motores da mineração

O substitutivo apresentado pelo relator da comissão especial do Congresso encarregada de analisar o projeto de lei (PL) do novo marco regulatório da mineração é, sem dúvida, um grande alento para o setor.

Após o "shale"

Há uma certa euforia sobre a produção de hidrocarbonetos nos EUA, a partir do chamado "shale" (gás de xisto, gás natural que pode ser encontrado preso dentro de formações de xisto argiloso.

O desafio do petróleo

O Brasil deve se tornar o 6.º maior produtor mundial de petróleo até 2035, aponta projeção da Agência Internacional de Energia (AIE) divulgada na terça-feira (12).

Pelotas: província de hidrocarbonetos intocada

Potencial para grandes plays de óleo está direcionando a atenção das companhias de E&P para a Bacia de Pelotas, afirmam executivos da Spectrum ASA.

Geologia e potencial mineral do Brasil

Baixos investimentos em exploração mineral e infraestrutura precária explicam, em parte, a defasagem do Brasil em relação a Austrália e Canadá. O limitado conhecimento geológico do país esclarece outra parte.

Para entender o leilão de Libra

"Disputa pelo lucro do pré-sal e a suspensão da licitação de Libra": Este é o título do trabalho assinado pelo consultor legislativo Paulo César Ribeiro Lima, da de Recursos Minerais, Hídricos e Energéticos, cujo objetivo é analisar como o Excedente em Óleo resultante da exploração de Libra será dividido entre a União e o Contratado.

O terremoto que veio do céu

Com este título provocativo o Prof. Alberto Veloso reconstruiu uma curiosa história do final do século 19 revelando a origem incomum de um tremor de terra brasileiro, em artigo publicado no último número da RevistaUSP 98, julho/agosto 2013.

Estamos preparados para o pré-sal e o gás de xisto?

Em artigo publicado no Estadão, o jornalista Washington Novaes reforça o alerta da SBPC sobre os riscos da exploração do gás xisto

Exploração e Produção - 15 Anos de Abertura

Em artigo para a revista Interesse Nacional, o geólogo Álvaro A. Teixeira, descreve a abertura da exploração petroleira no país, há 15 anos, depois de quase meio século de monopólio estatal, abordando os fatos políticos mais importantes que marcaram a abertura da exploração de petróleo no país e a sua consolidação.

Carajás é da China

A nova frente de produção que a Vale está abrindo em Carajás, no Pará, é superlativa. Trata-se do maior investimento da mineradora em toda a sua história de 70 anos. Ao ritmo previsto, a jazida terá 40 anos de vida útil. Ao fim desse período, a maior mina de ferro do planeta será só lembrança – amarga e frustrante, por certo –, para os nativos. 

A grande farsa do gás de xisto

Energia barata versus poluição prolongada: nos EUA, o dilema da exploração de gás e petróleo de xisto não atormentou industriais nem o poder público.  Artigo do cientista político Nafeez Mosaddeq Ahmed publicado pelo Le Monde Diplomatique - Brasil.

Equívocos, omissões e obscuridades do Marco Regulatório Mineral

Equívocos, omissões e obscuridades do Marco Regulatório Mineral

Artigo de Rafael Brant e Jessica Bogossian, publicado no Portal do Geólogo, analisa o Projeto de Lei Nº 5.807, de 2013 (do Poder Executivo), o chamado Marco Regulatório da Mineração, que dispõe sobre a atividade de mineração, cria o Conselho Nacional de Política Mineral e a Agência Nacional de Mineração - ANM, e dá outras providências.