logo

 

Enquete

Gás de Folhelho

Vamos ter uma revolução do gás de folhelho no Brasil?

» Go to poll »
1 Votes left

jVS by www.joomess.de.

Mídias Sociais

FacebookTwitterLinkedin

Expedição amplia presença brasileira no Atlântico

Expedição amplia presença brasileira no Atlântico

A bordo do Ocean Stalwart, moderno navio de pesquisa fretado pelo Serviço Geológico do Brasil (CPRM), pesquisadores da instituição estão realizando a segunda expedição brasileira à cordilheira meso-oceânica, cadeia de montanhas submersa localizada no Oceano Atlântico, em águas internacionais.

Além de geólogos e geofísicos da CPRM, a equipe é composta por e estudantes de graduação e pós-graduação de universidades. A expedição ficará 35 dias no mar coletando informações sobre ocorrências de depósitos minerais na região, com retorno previsto para o dia 29 de julho.

Segundo o geólogo Mauro Lisboa Souza, coordenador científico da expedição, a primeira campanha a região realizada em junho foi um sucesso. "Trabalhamos em uma porção da cordilheira mapeando a área com sistema batimétrico multifeixe", explica o geólogo.

Ele explica que o objetivo das expedições é selecionar e pesquisar áreas de interesse econômico para o Brasil no Atlântico. "Vamos mapear o leito marinho com equipamentos geofísicos. Essas informações processadas irão gerar mapas do relevo e da composição rochosa da superfície do fundo marinho, bem como, mapas do campo gravitacional e do campo magnetometrico da região", disse o pesquisador.

A expedição faz parte do projeto de Geologia Marinha, coordenado pela CPRM e que conta com a parceria de várias universidades brasileiras. O projeto é considerado estratégico para o governo porque, além de ampliar a presença brasileira no Atlântico, vai realizar o reconhecimento geológico e o levantamento do potencial mineral da plataforma continental jurídica brasileira e de áreas, em águas internacionais, que apresentam interesses econômicos, geológicos e ambientais.

CPRM - 10/07/2012

Últimas notícias

As mais lidas