Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to TwitterSubmit to LinkedIn

Tsunamis

(Investigando a Terra 2000 - IAG/USP)

O termo "Tsunami"  deriva do japonês tsu (porto) e nami (onda). A maioria dos tsunamis ocorrem no Oceano Pacífico (cerca de 80%) e o Japão tem sofrido muito com seus efeitos.

O tsunami pode ser causado pelo deslocamento de uma falha no assoalho oceânico, uma erupção vulcânica ou a queda de um meteoro, a qual transfere as ondas de choque para a água fazendo com que grandes ondas sejam formadas. Um tsunami, na verdade, são ondas múltiplas que se propagam pela água.

A física dos Tsunamis

As ondas geradas podem percorrer milhares e milhares de quilômetros, possuindo uma velocidade de aproximadamente 700 km/h e mais de 10 metros de altura. As ondas geradas por tsunamis diferem das ondas normais pelo fato de que possuem um comprimento de onda muito maior, como pode ser observado na animação abaixo; enquanto ondas comuns tem um comprimento de aproximadamente 150 m, uma onda gerada por um tsunami possui um comprimento de até 100 km.

Quando essas ondas atingem o continente elas podem ser devastadoras, isso devido à grande velocidade e amplitude, chegando a destruir cidades e matando milhares de pessoas.

Os maiores Tsunamis

 

Efeitos dos Tsunamis

Exemplos da devastação causada por tsunamis.

 

(Investigando a Terra 2000 - IAG/USP)

 

Comente este artigo


Código de segurança
Atualizar