Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to TwitterSubmit to LinkedIn

Alberto Veloso

A cidade de economia pujante também ofertava variados entretenimentos aos moradores, incluindo a chance de admirar o então mais famoso tenor, o napolitano Enrico Caruso protagonizando Dom José, na Ópera Carmen. O teatro lotou, o espetáculo agradou e a noite se foi. O dia seguinte amanheceu como outro qualquer, mas apenas até às 5:12 horas.

Testemunhas ouviram fortíssimos ruídos vindos do interior da terra, quando também sentiram suas camas, os quartos e as casas chacoalhando com intensidade crescente e duradoura. O terremoto atingiu São Francisco, Califórnia, em 18 de abril de 1906, ocasionando 498 mortos e 225 mil desabrigados, de uma população de 400 mil. Um incêndio alastrou-se por 3 dias e 3/4 da cidade ficaram arrasadas.

veloso sanfrancisco 1

Vista de São Francisco após o terremoto e o incêndio de 1906

 

De acidentes aéreos muito se aprende e os ensinamentos revertem-se para aprimorar a segurança dos voos e da performance das aeronaves. Algo similar se aplica aos sismos catastróficos, como o de São Francisco, mesmo acontecido há mais de um século. Isso foi possível porque a falha que gerou o terremoto modificou a superfície do terreno de forma clara e didática. Quem viu, mediu e interpretou tais mudanças foi o engenheiro-geólogo Henry Fielding Reid, que depois estabeleceu um dos princípios basilares da Sismologia, a teoria do rebote elástico. Simplificadamente, ela diz que o lento acúmulo de tensões no terreno durante longo período, deforma a massa rochosa que acaba quebrando e produzindo um terremoto. Como as tensões voltam a acumular, o processo se repete e se repete. Reid foi reconhecido no meio científico, mas a falha geológica popularizou-se muito mais. Quem não ouviu falar da falha de Santo André? Esta temida feição geológica, com mil e duzentos quilômetros de extensão, divide toda a Califórnia em dois pedaços e constitui importante componente do contato entre as placas Norte Americana e a do Pacífico. Além de mexer, vez ou outra, a falha não cessa de acumular tensões que um dia serão liberadas como perigosas ondas sísmicas.

veloso sanfrancisco 2

Danos na Universidade de Stanford

 

Mas naquela primavera de 1906 ocorreu um fato intimidador. De um lado, geólogos e engenheiros investigavam a causa e os efeitos do sismo, escrevendo relatórios e publicando artigos científicos. Do outro, políticos e homens de negócios procuravam convencer os cientistas a interromper seus estudos, pois “o terremoto se foi e o melhor é esquece-lo”. Desejavam eliminar os efeitos do abalo e maximizar a ação do incêndio na destruição da cidade. Afinal, o fogo é mais fácil de controlar e, tanto os investidores locais, como os forasteiros poderiam continuar seus negócios sem temer os terremotos. Eles queriam o impossível, esconder a atividade sísmica da Califórnia. Os cientistas não calaram e, neste embate, parte da liderança coube ao professor John Casper Branner, chefe do departamento de geologia e depois reitor da Universidade de Stanford e também co-fundador da Sociedade Americana de Sismologia. Curiosamente, foi profundo conhecedor do Brasil e dos brasileiros e ligou o seu nome a geologia e a sismologia de nosso país.

A lição que se tira é que, mesmo debaixo de pressões, a verdade científica deve prevalecer sob quaisquer circunstâncias e interesses, sejam eles oriundos de pequenos ou grandes desastres: um terremoto avassalador, a queda de um edifício, o desabamento de um viaduto, ou mesmo o esfacelamento de uma simples marquise. 

Quanto à cidade de São Francisco e à falha de Santo André o que se sabe é que outro terremoto forte está a caminho, sem contudo ser possível precisar a data de sua chegada.  A certeza indiscutível é que ele virá e as consequências serão aterradoras. Então, um dia, a história marcará uma nova data equivalente ao trágico 18 de abril de 1906.

 veloso sanfrancisco 3

Família sentada à mesa e entre ruinas produzidas pelo terremoto

 

veloso sanfrancisco 4

Saqueadores detidos pelo exército americano

 

veloso sanfrancisco 5

O terremoto foi registrado no Observatório Nacional, RJ

 

veloso sanfrancisco 6

Professor John Casper Branner, à época chefe do departamento de geologia da Universidade de Stanford

 

Alberto Veloso -  Geólogo, professor aposentado da UnB e autor do livro: Tremeu a Europa e o Brasil também