Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to TwitterSubmit to LinkedIn

O presidente da francesa Total no Brasil, Maxime Rabilloud, afirmou que a participação da empresa nos próximos leilões de áreas exploratórias está condicionada à aprovação pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) da extensão do prazo exploratório de áreas adquiridas em licitações passadas.

Assine para ler mais...

Comente este artigo


Código de segurança
Atualizar