Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to TwitterSubmit to LinkedIn

cprm shell parceria inovacao

Durante encontro foram discutidas diretrizes da parceria para pesquisa e desenvolvimento (P&D) com foco em inovação e novas tecnologias

O diretor-presidente do Serviço Geológico do Brasil (CPRM), Eduardo Ledsham, recebeu, no escritório do Rio de Janeiro, executivos da Shell e representante da Universidade de Queensland, Austrália Shell, para discutir parceria para o desenvolvimento de pesquisas em inovação.

Na reunião foram discutidas diretrizes de pesquisa e desenvolvimento (P&D) com a apresentação de prioridades e interesses de ambas as partes. Dentre os temas discutidos, a CPRM destacou a importância da consolidação dos dados existentes em um repositório geocientífico único e de livre acesso ao público; as linhas de pesquisas da CPRM em credenciamento na ANP e a inserção da atividade científica no Museu de Ciências da Terra.

O diretor-presidente reforçou o compromisso da CPRM com a área de P&D, frisando que essa inciativa está prevista no novo plano estratégico da empresa para os próximos cinco anos, bem como linhas para a implementação de novas tecnologias e na definição de projetos com aderência as demandas da sociedade, indústria e academia.

Ledsham frisou ainda a necessidade de desenvolver uma rede que permita a gestão do desenvolvimento científico em longo prazo e a criação de um núcleo de ciência conectado ao Museu de Ciências da Terra.

Participaram da Reunião Dirk Smit, vice-presidente de Exploração e Tecnologia da Shell; Aly Brandenburg, líder do Programa de Geociências da Shell; Paulo Vasconcelos, da Universidade de Queensland, Austrália; Carlos Ganade, chefe da Divisão de Geodinâmica da CPRM, Denise Pimentel de Assis, Chefe da Divisão de Relações Institucionais da CPRM; e Diógenes Campos, coordenador executivo do Museu de Ciências da Terra.

Serviço Geológico do Brasil - CPRM - Assessoria de Comunicação

Comente este artigo


Código de segurança
Atualizar