Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to TwitterSubmit to LinkedIn

O Instituto Oceanográfico da Universidade de São Paulo (USP) oferece uma oportunidade de pós-doutorado em Oceanografia com bolsa da FAPESP. O prazo de inscrição encerra em 29 de julho.

O bolsista participará de proposta de pesquisa desenvolvida no âmbito do projeto FAPESP/NERC "Depósitos marinhos de ferromanganês - um importante recurso de elementos E-tech (MarineE-tech)" que avalia a contribuição microbiana para o ciclo do carbono na coluna d'água em zonas abissais da Elevação do Rio Grande (ERG).

O objetivo do projeto é entender quais as razões ambientais que condicionaram a ocorrência dos depósitos polimetálicos nos montes submarinos e nas planícies abissais do Oceano Atlântico Sul Ocidental.

Sob o ponto de vista biogeoquímico e da contribuição microbiana para o ciclo do carbono, pretende-se: quantificar a assimilação autotrófica de carbono na coluna d'água, assim como o processo de remineralização microbiana; avaliar a influência dos fatores abióticos nas taxas de fotoautotrofia e quimioautotrofia e de produção bacteriana heterotrófica; identificar o(s) efeito(s) das feições oceanográficas do oceano profundo, incluindo os depósitos marinhos de ferromanganês, nos processos do ciclo do carbono; criar sinergia com outros componentes do Projeto E-tech, sobretudo aqueles que envolvem a dinâmica espacial e sazonal do fluxo vertical de matéria orgânica entre as camadas superficiais e o oceano profundo das regiões de estudo.

Trata-se de uma oportunidade única de participar de um estudo inédito e completo sobre o ciclo do carbono no oceano profundo e sua interação com águas superficiais, mostrando a influência das feições oceanográficas adjacentes (como a Elevação do Rio Grande, seus montes submarinos e nódulos polimetálicos, cânions) e comparando dados obtidos com os do Atlântico Norte e Pacífico.

A posição requer formação acadêmica e PhD/Doutorado em campo relevante (Oceanografia Biológica, Microbiologia, Ecologia Microbiana, Biogeoquímica, Oceanografia Microbiana de Mar Profundo), publicações de alto nível, experiência de pesquisa na área, incluindo ampla experiência em expedições científicas, disponibilidade para embarque, familiaridade com metodologias analíticas e estatísticas, fluência em inglês com forte habilidade de comunicação oral e escrita, habilidade de conduzir pesquisas independentemente e vontade de trabalhar em um ambiente interdisciplinar.

O bolsista deverá realizar estudos de revisão bibliográfica sobre o tema; organizar campanhas de amostragem e participar de cruzeiros oceanográficos; analisar in situ e em laboratório os processos microbianos da coluna d'água; usar abordagens estatísticas que integrem as taxas de produção com os fatores ambientais e oceanográficos; analisar os resultados da pesquisa conduzida; interagir com cientistas de diferentes disciplinas; escrever os resultados na forma de relatórios e publicações científicas de alta qualidade; disseminar informações sobre o projeto e seus resultados, tanto para a comunidade científica como para tomadores de decisão.

Os interessados devem encaminhar uma cópia do curriculum vitae, uma carta declarando interesse e nomes, e-mails e telefones de dois contatos profissionais de referência. Todos os documentos devem ser enviados para o prof. Frederico Pereira Brandini, pesquisador principal do Projeto Temático, no e-mail bolsapd.brandini@gmail.com.

A oportunidade está publicada neste link. 

O candidato selecionado receberá bolsa de Pós-Doutorado da FAPESP no valor de R$ 6.819,30 mensais e Reserva Técnica. A Reserva Técnica da bolsa de PD equivale a 15% do valor anual da bolsa e tem o objetivo de atender a despesas imprevistas e diretamente relacionadas à atividade de pesquisa.

Caso o bolsista resida em domicílio diferente e precise se mudar para a cidade onde se localiza a instituição sede da pesquisa, poderá ter direito a um Auxílio-Instalação.

Mais informações sobre a bolsa de Pós-Doutorado da FAPESP estão disponíveis aqui.

Outras vagas de bolsas de Pós-Doutorado, em diversas áreas do conhecimento, estão no site FAPESP-Oportunidades.

Agência Fapesp - 25/07/2016

Comente este artigo


Código de segurança
Atualizar