Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to TwitterSubmit to LinkedIn

A teoria tectônica das placas (surgida na década de 1960) agrupa duas noções fundamentais: a deriva dos continentes e a expansão do assoalho oceânico. Assim, a comunidade de ciências da Terra passou de uma visão “fixa” do globo a um sistema litosférico em perpétuo movimento.

Assine para ler mais...

Comente este artigo


Código de segurança
Atualizar