compressao-roaming
Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to TwitterSubmit to LinkedIn

Pesquisadores do Grupo de Eletricidade Atmosférica (Elat) do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) desenvolveram um sistema capaz de prever a ocorrência de raios com até 24 horas de antecedência.

O Brasil é o país que apresenta maior incidência de descargas atmosféricas e deixa todos os anos cerca de 110 mortos e 500 feridos.

O sistema é resultado do projeto "Detecção de sinais de vulnerabilidade relacionados a mudanças climáticas na incidência de descargas atmosféricas no Brasil", apoiado pela FAPESP.

Leia a reportagem completa em: http://agencia.fapesp.br/21942

Agência Fapesp

Comente este artigo


Código de segurança
Atualizar